10
jul

Empresas: feitas por pessoas e para pessoas

Já foi o tempo que as empresas atuavam de forma mais estática, com colaboradores no formato de números, de olho em todo o tempo nos lucros. Não que ficar de olho nos lucros esteja errado, muito pelo contrário, até porque uma empresa tem o papel de solucionar problemas visando os lucros. Mas, hoje as relações falam mais alto.

(Xadrez/Freepik)

A preocupação com o ser humano, com o seu potencial, desenvolvimento e foco no ser. Sim, estudos e estudos sobre comportamentos surgem a cada dia e não só isso, estudos mais profundos sobre as motivações vem cada dia mais sendo incorporadas nos processos das empresas uma vez que novos paradigmas vem sendo trabalhados para a orientação do ser, ao colaborativo, a redes mais distribuídas e menos centralizadoras, o pensar em visões de longo prazos, foco na criatividade, na inovação e um foco nas pessoas porque como se diz e vem se percebendo que o caminho também importa, não apenas o resultado.

Pensando em pessoas

Empresas são feitas por pessoas, para pessoas e relacionadas por pessoas. Para quem vem estudando e se dedicando a empreender, na observação do próprio marketing que é muito falado e estudado, a própria evolução do produto, consumidor até chegar aos valores, deixando o foco na venda dos produtos com a preocupação mais centrada na criação de um mundo melhor.

Empresas que colocam as pessoas de forma integral com mente, coração, espírito que possuem uma preocupação mais ampla para o meio ambiente e o lado social encontram o caminho mais assertivo para o crescimento. 

Patrícia de Almeida Coach de Empreendedoras e Fundadora do Café

Tags: