FOTO: FREEPIK
08
nov

Estoque é dinheiro e controle eficiente é lucro!

    Escolher o sistema de controle adequado e focar na gestão do estoque pode gerar redução de custos e contribuir para o aumento do lucro – estoque é dinheiro. A gestão do estoque portanto, deve ser observada por todas as empresas que precisam armazenar mercadorias ou matérias-prima.

    Existem inúmeros sistemas de controle efetivo de estoque disponíveis no mercado, mas registrar as compras e as vendas  não são o suficiente. É importante fazer uma análise minuciosa de todas as ocorrências como entradas, saídas, devoluções, custo da mercadoria e todas as ações relacionadas para uma boa gestão.

    Depois de escolher o sistema adequado para o seu negócio, o segundo passo é planejar a contagem do estoque com regularidade, sinalizar os desvios e montar um plano de ação para as devidas correções.

FOTO: FREEPIK

     Dica para os microempreendedores (MEI). Pode-se controlar perfeitamente pequenos estoques através de planilhas em Excel, desde que, o MEI fique atento para não esquecer de lançar as movimentações corretamente (compras, vendas e devoluções). É uma saída com custo zero para os empreendedores que estão iniciando suas atividades.

     Conheça as principais ações que podem levar a perdas financeiras:

  • Compras exageradas que podem resultar em mercadorias encalhadas ou espaço para armazenamento além do necessário;
  • Quantidade insuficiente de mercadorias com impacto direto no volume de vendas;
  • Produtos com validade vencida ou danificados.

     Por que é importante fazer a gestão do estoque?

  • Permite conhecer a quantidade necessária de mercadorias para atender os clientes, resultando em compras equilibradas;
  • Possibilita ao empresário promover descontos e promoções para aumentar o volume de vendas, resultando em liberação de espaço físico, além da recuperação financeira nos casos de mercadorias encalhadas;
  • Ajuda a direcionar o plano de ação e evita danos por armazenamento incorreto e desperdícios;
  • Agilidade na localização das mercadorias e no atendimento ao cliente;
  • Propicia controlar entradas, saídas e devoluções;
  • Auxilia na formação do preço de venda.

     Um estoque organizado com informações corretas e atualizadas contribui para a qualidade da gestão, possibilitando ao empresário ter um maior controle do dinheiro investido em materiais para revenda ou fabricação.

Ana Maria Lopes é Contadora e Consultora

*O conteúdo deste artigo é de responsabilidade da autora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *