25
nov

Festas de final de ano: como se portar

Final de ano e chegam os momentos de mais um ciclo que se encerra, comemoração de conquistas, novas promessas e também diversas festas de final de ano, sejam aos resultados da empresa e até mesmo os encontros entre amigos e família. E sempre fica aquela dúvida de como devemos nos comportar nestes eventos comemorativos, não é mesmo?

 

(Festas de final de ano/Freepik)

 

É muito importante ter uma confraternização junto aos seus colaboradores para comemorarem as vitórias e se prepararem para os novos desafios que virão no próximo ano. E se você é funcionária de uma empresa, é essencial sua participação, mesmo que seja por um breve período, pois bem sabemos dos compromissos diários com filhos, família. É um momento oportuno de criar maior proximidade com colegas de trabalho e até mesmo com seus superiores. Por se tratar de um evento corporativo também é uma oportunidade de networking.

Almoço de negócios: etiqueta sem frescuras

Seja a festa mais simples ou a mais requintada, um almoço ou apenas uma troca de presentes de amigo secreto, o que vale é a socialização, conversar sobre assuntos diversos saindo dos temas profissionais e aproveitarem este acontecimento de alegrias juntos.

Embora seja um evento mais informal em comparação com as responsabilidades do dia a dia, devemos seguir algumas orientações para que não haja excessos e nem situações constrangedoras, já que as pessoas sentem-se mais à vontade e se esquecem de que apesar da festa, os convidados são colegas de trabalho.

Em seu livro Chic Profissional – Glória Kalil escreve: “em nenhum momento ache que é hora de se soltar e se portar como se estivesse na casa de amigos (as). Não está. Festa que a (o) dona (o) pode despedi-la no dia seguinte é trabalho e demanda o mesmo comportamento que você teria nos corredores da empresa.”

Seja a diferença

Festa na empresa não é uma festa entre amigos e familiares, mantenha a postura profissional;

Evite exagerar nas bebidas alcoólicas e alterne bebendo água também;

Não fale de doenças, dificuldades financeiras ou depressão;

Leve um acompanhante somente se for acordado anteriormente com os responsáveis pela festa;

Nada de performances de dança na pista;

Fuja da tentação de “abrir o coração” para colegas e chefes, dizendo verdades fora de hora;

Não canse a chefia com selfies intermináveis;

Se houver Amigo Secreto, fique dentro do limite de gastos estipulado, inclusive se o presenteado for o chefe;

Não dê presentes muito pessoais como roupas ou menos ainda lingeries;

Cuidado com a roupa, apesar de ser uma ocasião mais casual, evite extravagâncias;

Dê um upgrade no look do escritório, jogue acessórios interessantes (echarpes, brilho, bijuterias), reforce o perfume e a maquiagem, use uma bolsa menor e salto alto;

Se a festa for um jantar ou almoço, não chegue mais de meia hora depois do combinado;

É muito gentil dividir os lugares disponíveis para sentar e não ficar conversando longamente em volta da mesa quando tem gente querendo se servir;

Procure circular e conhecer pessoas novas, não fique muito tempo conversando somente com uma pessoa, afinal, ela também quer conhecer novos contatos.

Aproveitem com charme e elegância estes eventos de diversão e integração com os colegas. Comemorem suas vitórias e se prepare para entrar com o pé direito no novo ano que está para chegar, novas oportunidades, mais esperança e resiliência para lidar nas situações mais difíceis.

Um beijo

Priscila Avelar é proprietária da Prisence Consultoria de Imagem Pessoal & Corporativa

Fonte: PASCOLATO, Constanza. O essencial. Ed. Sextante.

KALIL, Glória. Alo, Chics. Ed. Haspercollins

KALIL, Glória. Chic[érrimo]. Ed. Codex.

KALIL, Glória. Chic Profissional. Ed. Paralela.

 

2 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *