16
maio

O que é inovação?

07:03:23
O mercado atualmente fala tanto em inovação, em fazer diferente, em ter um diferencial que achamos necessário perguntar a quem entende.
(Uma ideia nem sempre é inovação/Inventos)
Quem responde é Flávia Florêncio, pesquisadora
 
O que é inovação e qual a diferença de inovação e invenção?
 
Inovação, de maneira resumida, é algo novo ou significativamente melhorado que gere resultados, simples assim! Uma invenção pode ser algo maravilhoso, uma ideia extremamente legal, nova e tecnológica, mas se ela não gera resultados, não é inovação, essa é a diferença básica entre elas. Sólidas empresas que não inovaram como a Kodak, Xerox e Block Buster foram engolidas pela concorrência inovadora, na qual ofereceu um diferencial aos clientes e consequentemente, ganhou a concorrência.
Qual a importância da inovação para o mercado e como diferencial competitivo? 
 
Inovar é essencial para melhorar a competitividade nas empresas, atualizar o mercado, aumentar o crescimento tecnológico de uma região, enfim, permitir que a sociedade tenha uma vida mais acessível, ágil e conectada.
 O Brasil é um país inovador? 
 
O Brasil é um país movido pelo empreendedorismo, de certa forma, porém não é inovador. Isso porque é necessário maior investimento tanto do Governo quanto das empresas em pesquisa e desenvolvimento de qualidade, ou seja, criar soluções inovadoras e colocá-las em prática. De fato não é tarefa fácil, mas esse é um caminho.
Que dicas você pode dar para desenvolver a inovação na empresa?
 
O desenvolvimento da inovação em uma empresa não é um processo simples, mas é perfeitamente executável, desde que o empreendedor tenha dedicação, energia e até investimento (a depender do tamanho da inovação que quer criar), porém, como passo inicial, seguem algumas dicas para desenvolver a inovação em uma pequena empresa:
 
Sintonia da equipe – Todos os colaboradores de uma empresa (ou futura), incluindo o empreendedor, devem estar em sintonia com o seu propósito, onde todos entendam e concordem com a visão e os valores da empresa. Peça a opinião da equipe! Ela deve participar ativamente no esboço de ideias que possam se tornar inovações.
 
Pesquisa – O empreendedor deve pesquisar frequentemente as soluções inovadoras em relação ao seu produto (bem ou serviço), bem como deve estar participando de cursos, feiras, seminários, oficinas, etc. Atualize-se! Crie uma agenda com os eventos de interesse.
 
Planejamento – Permita que soluções inovadoras possam ocorrer. As ideias que surgem da equipe e os conteúdos pesquisados devem ser estruturados de maneira que se tornem planos de ações executáveis. Coloque no papel! Uma dica é utilizar o 4Q1POC.
 
Validação – Uma grande ideia só pode resultar em inovação se ela gerar resultado, e para gerar resultado ela precisa ser aceita pelo cliente. Diante disso, testes podem e devem ser feitos com frequência. É como se fosse um laboratório que testa a melhor versão de um produto. Faça um teste do seu produto com amigos e familiares.
 
Peça ajuda – Não faça nada sozinha. Não tenha medo de roubarem a sua ideia, afinal, só você pode fazer do seu jeito, então, faça da melhor maneira, estude, planeje e valide sua ideia. Peça opinião de alguém de confiança!
 
Utilize as redes sociais (Facebook, Youtube, Instagram, LinkedIn, Pinterest, etc.) para visualizar as opiniões dos clientes e como anda o mercado. Conecte-se! E o mais importante: tome cuidado para não se apaixonar por sua ideia, ela pode ser algo lindo, mas não atende o seu público, então, apaixone-se pelo problema do seu cliente, encontre uma solução inovadora e esse cliente lhe dará o crédito.